Grupo de Estudos em Fitoterapia  da FCM faz encontro cultural 

Ascom | 17 de fevereiro de 2017, às 11:58

Por Roberta Lucena

Os integrantes do Grupo de Estudos em Fitoterapia (GEFITO) da FCM-CG realizaram nesta quarta-feira, 15, o primeiro encontro Fito Terapia Cultural. Durante o evento, a comunidade acadêmica pôde degustar chás feitos com plantas medicinais, ouvir uma boa música e ainda conhecer um pouco sobre as atividades do GEFITO.

O grupo de estudos surgiu no ano passado e com poucos meses de atuação já conseguiu publicar sete artigos, quatro deles em congressos internacionais. As discussões promovidas pelo grupo fortalecem um dos pilares da faculdade que é o incentivo a pesquisa.

O GEFITO é composto por alunos dos cursos de Medicina, Farmácia e Nutrição e pelas professoras Daniela Vilar, Marina Vilar, Mayne Confessor e Raquel Luna. “O objetivo inicial é realizar estudos em Fitoterapia, disseminando conhecimento e difundindo essa prática terapêutica na comunidade”, destacou a professora Marina.

Para Daniela Leal, aluna do quinto período de Nutrição, o grupo de estudos tem ajudado a entender a importância da pesquisa durante a graduação. “Tem sido de grande valia pra mim, cada encontro, debate ou publicação feita aumenta a vontade de me dedicar ainda mais a pesquisa. Sem falar na integração com outros cursos que é muito importante”, falou.

Segundo Marina Vilar, um dos focos do grupo é pesquisar sobre o tratamento e prevenção de doenças, através do uso de plantas medicinais. “Essa questão da utilização de plantas na prevenção e/ou na cura de enfermidades é um hábito que sempre existiu na história da humanidade. A fitoterapia é uma prática terapêutica eficiente, barata e muitas vezes a única alternativa para o tratamento de doenças ou manutenção da saúde em algumas comunidades e está sendo deixada um pouco de lado. Queremos resgatar essa cultura e para isso vamos aliar o conhecimento popular à pesquisas que validam o uso das plantas medicinais.”, conclui.

A expectativa do grupo é fazer a publicação de mais artigos, bem como iniciar as atividades em laboratório neste ano. A coordenadora do curso de Farmácia, Marisa Agra, parabenizou a iniciativa das docentes. Os encontros destinados à comunidade acadêmica irão acontecer sempre na primeira quinzena de cada mês e serão momentos aconchegantes, cheios de cultura, terapia e degustação de preparações fitoterápicas.

 

 

 

 

 

Assuntos: chás, Fisioterapia, Gefito, grupo de estudo

Leia Também

Pesquisa revela que Diploma universitário dobra a renda do brasileiro

Formado desde 2011 pela Unifacisa/FCM, o enfermeiro do Hospital Nossa Senhora das Neves, em João Pessoa, Sérgio Ferreira da Silva, […]

Curso de Medicina realiza recadastramento das ligas acadêmicas

A Coordenação do curso de Medicina da FCM-CG está realizando, até 10 de julho, o recadastramento das Ligas Acadêmicas do […]

Chanceler da Unifacisa é homenageado por alunos da Esac

O chanceler da Unifacisa, Dalton Gadelha, recebeu na manhã desta sexta-feira, 23, a visita de concluintes do curso de Ciências […]

Exposição da Unifacisa no Partage Shopping atrai atenção de turistas

Quem já foi ao Partage Shopping, aqui em Campina Grande, deve ter se deparado com várias exposições temáticas juninas. A […]