Sobre as provas Finais

Prezados,

O período para as provas finais se inicia em 28 de junho próximo e se estende até 04 de julho.

A seguir, as regras regimentais sobre as provas finais:

Art. 68. Serão realizados, em cada semestre letivo:

I – duas unidades avaliativas por disciplina (P1 e P2);

II – uma avaliação substitutiva (PS);

III – uma avaliação final (PF).

§ 5º Está habilitado à realização da avaliação final (PF) o aluno que apresentar concomitantemente:

I- frequência igual ou superior a 75%;

II – média inferior a 7,0 (sete) e superior a 4,0 (quatro) nas unidades avaliativas;

§ 6º Será considerado aprovado, após a realização da avaliação final (PF) na disciplina, o aluno que satisfizer concomitantemente as seguintes condições:

I – média ponderada igual ou superior a 5,0 (cinco), considerando-se para efeito de seu cálculo, a média nas unidades avaliativas, após realização da prova substitutiva, com peso seis e a nota da avaliação final (PF), com peso quatro;

II – nota igual ou superior a 4,0 (quatro) na avaliação final.

Informes da coordenação do curso

RECADASTRAMENTO DAS LIGAS ACADÊMICAS

Convocamos todas as Ligas Acadêmicas do CESED a fazerem o seu recadastramento.

Pedimos que preencham a ficha em anexo e encaminhem para o e-mail (glaucia.araujo@unifacisa.edu.br).

As ligas que não enviarem a ficha de recadastramento até o dia 10 de de julho de 2017 serão automaticamente desligadas do Comitê e não terão mais os seus certificados emitidos.

Guilherme Veras Mascena

Comitê das Ligas Acadêmicas

1. FICHA DE RECADASTRAMENTO

Geral

Prova Substitutiva de Fisiologia Médica I

Comunicamos aos alunos do P1 que a prova substitutiva de Fisiologia Médica I será aplicada no dia 19/06/2017, às 17h.

Antônio Henriques

Geral

Resultados TPC P3

Comunicamos aos alunos do P3 que os resultados do TPC referente ao semestre 2017-1 foram calculados e encaminhados aos professores para a consignação do bônus aos que fizerem jus.

Os resultados encontram-se disponíveis para consulta na secretaria da coordenação de curso.

Justificamos a demora na divulgação dos mesmos em virtude da sobrecarga da CEPROS com o vestibular e as provas da segunda unidade avaliativa, ao tempo em que pedimos desculpas por quaisquer eventuais transtornos.

 

Antonio Henriques

Informes da coordenação do curso

Regimento do Internato de Medicina

REGULAMENTO DO INTERNATO 2017

O internato do curso médico abrange os últimos 2 anos de curso e tem duração de 3680 (três mil seiscentas e oitenta) horas.

Está dividido em 6 grandes áreas no primeiro ano e 4 no segundo.

Ano I: Clínica Médica, Cirurgia, Saúde Coletiva, Ginecologia/Obstetrícia, Pediatria e Saúde Mental.

Ano II: Clínica Médica, Cirurgia, Ginecologia/Obstetrícia e Pediatria.

Prof Guilherme Veras Mascena

Coordenação do Internato

Internato

Provas Substitutivas – Esclarecimentos

Prezados alunos,

As provas substitutivas do semestre 2017-1 acontecerão no período e de 16 a 22/06, conforme o calendário acadêmico disponível em http://www.cesed.br/portal/documentos/calendarioacademico/calendario-academico-2017-MEDICINA.pdf

Lembramos que os horários de tais provas deverão obedecer ao horário das disciplinas, podendo ser modificados em comum acordo entre professores e alunos.

Segue o trecho do Regimento Interno da FCM-CG que versa sobre as provas substitutivas:

Art. 68. Serão realizados, em cada semestre letivo:

I – duas unidades avaliativas por disciplina (P1 e P2);

II – uma avaliação substitutiva (PS);

III – uma avaliação final (PF).

Art. 69. Será considerado aprovado por média, na disciplina, o aluno que satisfizer as seguintes condições:

I – frequência de, no mínimo, 75% das atividades didáticas realizadas no semestre letivo;

II – obtenção de média aritmética igual ou superior a 7,0 (sete) nas duas unidades avaliativas;

§ 1º O aluno que não obtiver aprovação por média ou tiver faltado a qualquer uma das unidades avaliativas (P1 ou P2), tendo cumprido a frequência mínima estabelecida no inciso I, submeter-se-á a avaliação substitutiva.

§ 2º Também poderá se submeter a avaliação substitutiva o aluno já aprovado que deseje melhorar o seu rendimento escolar;

§ 3º A nota da avaliação substitutiva será utilizada nas seguintes condições, alternativamente:

I – substituir a nota da prova em razão da falta em uma das unidades avaliativas (P1 ou P2);

II – substituir a menor nota da prova obtida nas unidades avaliativas (P1 ou P2), desde que superior a ela;

Art. 70. As unidades avaliativas (P1 e P2) e avaliação substitutiva (PS) versarão exclusivamente sobre os conteúdos abordados no período acadêmico a que se referem, não sendo estes acumulativos, e a avaliação final (PF) versará sobre todo o conteúdo ministrado ao longo do semestre letivo.

Art. 71. O não comparecimento a qualquer unidade avaliativa ou avaliação substitutiva importará em nota zero para fins do cálculo da nota e ou média.

Art. 72. As notas atribuídas aos alunos variarão de zero a dez, permitida a fração de 0,1 (um décimo).

Art. 73. O aluno não terá direito à reposição de trabalhos escolares de qualquer natureza.

Um abraço,

 

Antonio Henriques

Informes da coordenação do curso
TOPO